As Batidas Perdidas do Coração

Então eu estou desde o dia 17 de novembro de 2014 segurando essa resenha. Isso porque a Bianca estava em negociação com editora Verus e combinamos de não postar nada até o lançamento do livro. E quer saber? Eu ainda não tenho o meu em mãos! Que triste, gente. Estou aqui sofrendo porque só vou ter na sexta-feira, na Bienal. Aliás, ele é um dos livros mais vendidos no estande da Record!

Enfim… Agora que todo mundo já garantiu o seu na pré-venda (se você não fez isso, clique aqui para comprar) eu posso falar de Viviane e Rafael.

batidas

Título: As Batidas Perdidas do Coração
Autora: Bianca Briones | Editora: Verus
Sinopse: Viviane acaba de perder o pai. Com a mãe em depressão, ela se vê obrigada a assumir o controle da casa com o irmão mais novo. Rafael teve o pai assassinado há alguns anos e agora viu quatro pessoas de sua família, incluindo a única irmã, morrerem em um acidente de carro. Viviane pertence a uma classe social que ele despreza. Rafael é tudo o que ela sempre ouviu que deveria evitar. Eles são opostos, porém dividem a mesma dor. Jamais se aproximariam se a morte não os colocasse frente a frente, e agora, por mais que saibam que são completamente errados um para o outro, não conseguem evitar uma intensa conexão, que poderá salvá-los ou condená-los para sempre. As batidas perdidas do coração é uma história sobre perdas e como cada um lida com elas. É o encontro atormentado entre a dor e o amor. Com uma narrativa sexy, envolvente e repleta de música, este livro traz a última tentativa de duas pessoas arruinadas que, juntas, buscam desesperadamente se encontrar.

É engraçado que sempre vejo as pessoas falando sobre este ser o livro de estreia da Bianca, quando para mim ele é o quarto livro. Antes eu li Sonhos de Avalon e Curvas para Cavill. Mas ‘Batidas’ é seu primeiro livro New Adult, o que me deixa muito feliz porque ultimamente é um dos gêneros que mais gosto. Sim, eu adoro um drama, adoro essa tensão sexual que existe entre os personagens e principalmente, adoro um passado complicado.

Porém, no caso de Rafa e Vivi, eles não tem um passado ruim, eles tem tido dias muito difíceis desde que conseguem se lembrar. Ela acaba de perder o pai e durante sua doença teve que lidar com a depressão da mãe. Ele perdeu tios, primo e sua única irmã e essa nem é sua primeira perda na vida.

Nesse momento, a vida mostra a Viviane e Rafael que ela não escolhe quem vai sofrer. Ser rico ou pobre tanto faz. Uma hora você vai perder alguém na sua vida. E o dinheiro não vai te fazer sofrer menos.

É nesse contexto que o caminho desses dois personagens destroçados se cruza. Cada um está tentando passar por isso a sua maneira e dor em comum acaba os aproximando. Infelizmente, isso é só o começo.

Porque relacionamentos são assim. Você conhece alguém, se apaixona, mas não sabe o que vai passar com aquela pessoa. Nem sempre você sabe tudo sobre o passado dela, o que ela já fez e que demônios ela esconde dentro do armário. E é quando você descobre que precisa decidir o que fazer: correr ou lutar junto. Se corre, perde a chance daquilo que poderia ter sido. E se decide lutar junto… Bem, você nunca sabe como é lutar a batalha do outro.

E As Batidas Perdidas do Coração é exatamente sobre escolhas. Sobre o momento de seguir e recuar. Estar ao lado ou estar longe. Enfrentar demônios ou se tornar um deles.

A história de Vivi e Rafa é contada em pontos de vista alternados e é recheada de música que é praticamente um personagem à parte. Cada capítulo começa com uma música que dá ao leitor o ritmo do que vem a seguir, que complementa todo um sentimento do personagem e nos prepara para os próximos acontecimentos. É como quando uma canção começa a tocar em um filme e você não sabe o que vai rolar, mas seu coração já se prepara para a dor, a alegria, o suspense… E é justamente pelo suspense que não vou entrar em detalhes musicais. Vou deixar isso para vocês descobrirem sozinhos e se encantarem como eu.

Tá, mentira. Vou dizer que tem três músicas do Bon Jovi e essa sou eu, fangirl máxima dando ataques e faniquitos lendo. E eu juro por tudo que há de mais sagrado que não tive nada a ver com isso.

Estive acompanhando a história de Batidas desde que ele ficou pronto. Acompanhei desde que ele chegou na Verus e torci por dias enquanto esperava resultado. Eu sofri e me emocionei. Eu chorei com a capa. Depois com a revisão. E com o miolo pronto. Eu chorei quando escrevi um blub para a orelha. Então, não é como se eu pudesse dizer simplesmente que eu gostei do livro.

Eu amo esse livro com todas as minhas forças. Eu amo a Vivi e suas contradições de uma menina de 18 anos que cresceu à força e ora se comporta como mulher, ora como adolescente. Uma garota que percebe cedo demais que não pode controlar sua vida e acaba ficando obcecada por controlar tudo aquilo que consegue, como por exemplo, suas roupas. Que teve tudo o que o dinheiro pode comprar, que teve todo amor que alguém pode ter, mas a quem a vida escolheu bater e bater com força.

Eu sou apaixonada pelo Rafael que, com todos os seus esqueletos dentro do armário, se mostra humano, passível de erros e também de acertos. Esse garoto que já perdeu tanto que já não vê mais motivo para fazer a coisa certa, mas que descobre que seu equilíbrio pode estar em coisas que ele jamais imaginou.

Eu sou fascinada por cada um dos personagens secundários da história desde o avô Fernando – que tem tudo para ser odiado – até Lucas, Rodrigo e Lex, os melhores amigos que um cara como Rafa pode querer na vida. E Branca… Bem, eu diria que se um dia você passar por alguma situação na vida, é melhor ter alguém como ela por perto.

Maratona Literária 3.0 – Desafio diário #5

E então chegamos ao último desafio diário dessa edição da maratona. #TodosChoram

Dessa vez, vocês vão concorrer ao livro O Lado Mais Sombrio, de A. G. Howard. Para ganhar, vocês vão ter que me convencer a comprar um livro com apenas uma frase sobre ele. Mas não é apenas isso!

O Lado Mais Sombrio

O Lado Mais SombrioA.G.Howard
Alyssa Gardner ouve os pensamentos das plantas e animais. Por enquanto ela consegue esconder as alucinações, mas já conhece o seu destino: terminará num sanatório como sua mãe. A insanidade faz parte da família desde que a sua tataravó, Alice Liddell, falava a Lewis Carroll sobre os seus estranhos sonhos, inspirando-o a escrever o clássico Alice no País das Maravilhas. Mas talvez ela não seja louca. E talvez as histórias de Carroll não sejam tão fantasiosas quanto possam parecer. Para quebrar a maldição da loucura na família, Alyssa precisa entrar na toca do coelho e consertar alguns erros cometidos no País das Maravilhas, um lugar repleto de seres estranhos com intenções não reveladas. Alyssa leva consigo o seu amigo da vida real – o superprotetor Jeb –, mas, assim que a jornada começa, ela se vê dividida entre a sensatez deste e a magia perigosa e encantadora de Morfeu, o seu guia no País das Maravilhas. Ninguém é o que parece no País das Maravilhas. Nem mesmo Alyssa…

1. Pegue o primeiro livro de capa vermelha que achar em sua estante. Tá, pode ser um que você se lembre e tenha no seu e-reader
2. Crie uma frase de efeito sobre ele.
3. Responda ao formulário nesse link.

Prontos para serem criativos? Bora lá!

E pronto! A melhor frase vai levar um exemplar do livro O Lado Mais Sombrio, de A. G. Howard.

Observações:
– Eu vou conferir se o livro escolhido tem mesmo a capa vermelha!
– O participante precisa estar inscrito na Maratona Literária 3.0.

 

Resultado do Desafio!

De todas as respostas que tivemos, uma se destacou bastante e vai levar O Lado Mais Sombrio. E a resposta vencedora foi…

Deixe a tinta e a leitura entrarem em seu coração nessa saga de arrepiar.”

Patrícia Gomes, parabéns! Por favor, envie seus dados para contato@leiturinhas.com em um prazo de 48 horas para que seu prêmio seja enviado!

 

Maratona Literária 3.0

Vocês pediram… E nós voltamos!

Afinal, nada melhor para curar a ressaca da derrota do Brasil da #CopadasCopas do que mergulhar em uma verdadeira maratona de leituras: desbravar novos universos, se apaixonar por novos personagens e, de quebra, tentar diminuir aquela pilha de leituras pendentes que assombra qualquer leitor inveterado.

Então, é com muita alegria que anunciamos para vocês a 3ª edição da Maratona Literária! Anote na agenda: o desafio vai acontecer entre as 0h00 do dia 21/07 até às 23h59 do dia 27/07! As inscrições estarão abertas no Café com Blá Blá Blá no período de 14/07 a 20/07.

Se você é novo na praça, ou não se lembra exatamente do que se trata a Maratona, a gente explica:

retangular_vinho_leiturinhas

 

Ela foi baseada em uma prática bastante comum lá nos States, onde diversos blogueiros se reúnem (virtualmente, claro) a cada intervalo de tempo para dar um “gás” nas suas metas de leituras.

Neste caso específico, nos baseamos no projeto da equipe do Bout of Books, que realiza duas edições anuais e movimenta centenas de leitores a cada desafio… E temos, inclusive, a autorização oficial da equipe do site para adaptar a maratona para a nossa terrinha!

Fique de olho nos blogs hospedeiros: Bookeando, Café com Blá Blá Blá, LeiturinhasPor Essas Páginas e Psychobooks para acompanhar as novidades!!

Você também pode se atualizar pelo nosso Twitter página do Facebook e trocar as suas experiências com os outros participantes através do grupo da Maratona no Facebook!

Mas… Como funciona?

A premissa é bastante simples: cada leitor/blogueiro estipula a sua própria meta. O único objetivo da maratona é ler mais do que você normalmente lê.

Ou seja, se você é daqueles que devora 2 livros por semana, quem sabe não consegue ler 3 durante o desafio? Ou, se por causa da rotina corrida você consegue ler apenas 20 páginas por dia, que tal tentar elevar essa média para 30? E assim por diante…

Mas a brincadeira não para por aí! A ideia do projeto é não só atingir suas metas pessoais, mas dividir essa experiência com outros leitores. Afinal, melhor do que apenas ler é poder comentar com pessoas tão apaixonadas por livros quanto você!

Você também pode publicar boletins diários sobre o seu desempenho, comentando quantas páginas leu, se está conseguindo alcançar a meta, se conseguiu concluir algum livro…

Para ajudar nessa troca de experiências, vamos acompanhar o desempenho dos participantes no nosso perfil no Twitter (@MaratonaLit) e na página oficial da maratona e no Grupo do Facebook, além de realizar desafios diários nos blogs hospedeiros durante a semana. Cada dia, um blog vai propor uma missão diferente, valendo prêmios e brindes!

Atenção para o calendário dos desafios:

21/07 – Psychobooks
22/07 – Bookeando
23/07 – Por Essas Páginas
24/07 – Café com Blá Blá Blá
25/07 – Leiturinhas
26 e 27/07 – Inscrição para o sorteio do megakit no Bookeando

Publicação dos resultados dos desafios e do concurso cultural do megakit: 03/08

Qualquer dúvida, é só entrar em contato com a nossa equipe em: maratonaliteraria.br@gmail.com.

Como faço para participar?

A mecânica é bem simples… Você precisa:

1. Publicar um post no seu blog – ou, se não for blogueiro, no seu mural no Facebook ou no Skoob (lembrando que as postagens referentes à Maratona devem estar abertas ao público) – falando sobre a maratona e anunciando a sua meta para o desafio.

2. Publicar o link do seu post no formulário de inscrição até o dia 20/07, hospedado no Café com Blá Blá Blá.

3. Participar da maratona, que acontecerá das 0h00 do dia 21/07 até às 23h59 do dia 27/07.

Para concorrer ao megakit:

Para participar do sorteio do mega kit, você precisa:

– publicar um post ao final da maratona falando sobre o seu desempenho: se cumpriu a meta, quantos livros conseguiu ler, quantas páginas totalizou…

– publicar o link do post de conclusão no formulário do sorteio, que estará disponível no blog Bookeando.

– Você pode ganhar 01 entrada extra para cada desafio diário do qual participar. Para isso, é só publicar o link do seu post de participação no seu blog, no seu mural no Facebook ou no Skoob (lembrando que as postagens referentes à Maratona devem estar abertas ao público).

Puxado? Pode até ser… Mas vai valer a pena, porque 1 sortudo vai levar sozinho um kit gigante, com 13 livros:

- Da Gutenberg: A Extraordinária Garota Chamada Estrela | Minha Metade Silenciosa

- Da Vestígio: Indesejadas | Assassinato na Torre Eiffel

Da Galera Record: Teardrop

- Da Novo Conceito: Primeiro Amor | As Gêmeas | Charlotte Street | Caçadores de Tesouros | Esta é uma história de amor | O Menino dos Fantoches de Varsóvia

- Da Suma de Letras: O Atlas Esmeralda

- Da Seguinte: A Queda dos Reinos

– Da Planeta: O ultimo passageiro, Once upon a time – antologia de contos de fadas, As coisas que você sabe sobre mim

Mas lembre-se! O principal objetivo da maratona é a diversão! Portanto, separe a sua pilha, se acomode no sofá e… Boa leitura!

Ainda tem dúvidas? Acesse o FAQ da Maratona Literária.